Início » 6 dicas para você se destacar na caixa de entrada dos emails
6 dicas para voce se destacar na caixa de entrada

6 dicas para você se destacar na caixa de entrada dos emails

Entre as dezenas de emails que você recebe na sua caixa de entrada, qual você escolhe abrir e por quê?

A linha de assunto é a primeira coisa que chama a atenção. É a partir dela que você vai determinar se vai abrir a mensagem, certo?

Por isso, uma linha de assunto “apenas interessante” não é o suficiente. Os emails que de fato se destacam na caixa de entrada têm sempre um assunto instigante, que leva o lead a clicar para ver o que há naquela mensagem.

Portanto, o que colocar no assunto do email faz toda diferença para as taxas de abertura.

Neste artigo, preparamos 6 dicas técnicas para você se destacar na caixa de entrada através de linhas de assuntos bem planejadas.

Saiba mais e inspire-se com as recomendações a seguir!

Crie um vínculo

Conquistar a confiança das pessoas é o início de um bom relacionamento. É por isso que o apelo emocional faz parte das estratégias de marketing. Um lead conectado emocionalmente fica muito mais propenso a se engajar.

A personalização pode criar um vínculo com o leitor. Chamá-lo pelo nome é uma forma de mostrar que ele está identificado como único e que você o conhece.

Sabendo o que colocar no assunto do email e trabalhar isso juntamente à customização, você ganha credibilidade com seus leads.

Mas inserir o nome das pessoas na mensagem não é suficiente. Para se aproximar do emocional delas, é preciso que você as conheça melhor, sabendo seus hábitos e preferências.

Quanto mais dados forem colhidos sobre seu lead, mais personalizados podem ser os emails. Você pode começar extraindo informações usando formulários de cadastro.

Faça perguntas que vão além do nome e do email. Você pode conhecer as preferências do leitor através de um formulário com perguntas direcionadas.

Por exemplo: entre X e Y, selecione qual você prefere.

Além disso, dados como data de aniversário entre outros mais pessoais podem ajudá-lo a criar ações específicas. Mas cuidado para não ser invasivo, para que o lead não acabe tomando a direção contrária.

Agora que você já sabe como começar a construir um relacionamento com seu público usando formulários online, lembre-se de garantir uma lista de emails válidos.

Mas como fazer assuntos que chamem a atenção do lead? É o que veremos na sequência!

1. Caixa de entrada urgente

Na linha de assunto, você pode usar palavras que transmitam uma sensação de urgência ou escassez para incentivar os destinatários a agir.

O gatilho mental da urgência pode influenciar na tomada de decisão, impulsionando o lead para a conversão (que não precisa ser necessariamente uma venda).

Como estamos falando sobre um email que se destaca na caixa de entrada, uma ação de conversão pode ser simplesmente a abertura da mensagem.

Tanto o gatilho da urgência quanto o da escassez são estímulos que usam o tempo para persuadir. “Somente hoje” ou “Restam apenas X unidades” são alguns exemplos.

Use os gatilhos mentais com sabedoria. Lembre-se da jornada do cliente e do estágio do funil em que ele se encontra.

Se a sua linha de assunto não estiver condicionada a resolver um problema do lead, de nada adianta uma taxa de abertura alta para posteriormente haver um número igualmente alto de descadastros em sua campanha de email marketing.

Também não adianta você investir em comunicação por email sem validar suas listas. A verificação de emails pode otimizar suas campanhas porque colabora fortemente para a chegada dos emails na caixa de entrada.

2. Inovação e criatividade

Desperte a curiosidade do leitor provocando um questionamento. Pode ser uma pergunta interessante, uma afirmação intrigante ou uma prévia de uma informação exclusiva.

“Quanto tempo você perde no transporte público?”, “Só para quem é fã de anime”, “Veja essa oportunidade!” são alguns exemplos de provocações que podem estimular seu lead a ver o que está dentro da mensagem.

O uso de emojis também pode ser destaque na hora de escolher o que colocar no assunto do email. Por ser um recurso visual no meio do texto, eles naturalmente chamam a atenção.

Mas lembre-se que este recurso visual deve ser utilizado com bastante moderação para não cansar o destinatário dos emails. Afinal, trata-se de uma ferramenta a ser explorada pontualmente na linha de assunto.

3. A melhor abordagem para a caixa de entrada

Realize testes A/B com diferentes linhas de assunto para descobrir quais geram melhores resultados.

Experimente diferentes abordagens, use variações de palavras-chave e meça as taxas de abertura para identificar o que funciona melhor para o seu público-alvo.

Com os testes A/B, você pode saber quais itens geram mais taxas de abertura:

  • Quais são os melhores tamanhos para a linha de assunto.
  • Se utiliza um emoji ou não.
  • Se utiliza uma exclamação ou uma interrogação.
  • Se anuncia um produto ou uma promoção.

E por aí vai. O importante é captar as preferências do seu lead e se comunicar de acordo com o que ele elege.

4. Preste atenção no pré-header

Pré-header é a frase que aparece logo ao lado do título. Geralmente, é o início do texto do email que está na parte interna da mensagem.

Essa parte do email também é chamada de texto de apoio. É importante pensar nele como uma complementação do assunto do email.

Um pré-header bem planejado colabora para destacar a mensagem na caixa de entrada e, consequentemente, para o aumento das taxas de abertura do email.

Um texto de apoio ideal é aquele que complementa a linha de assunto. Veja alguns exemplos abaixo:

  • Conheça 3 palavras mágicas para vender mais | e as 5 melhores estratégias.
  • As melhores confeitarias da cidade | Sobremesas irresistíveis.
  • Somente para quem gosta de empreender | Saiba quais são os negócios online que mais se destacam.

Leve em consideração o tamanho das frases. Sobre isso, veremos com mais detalhes a seguir.

5. Menos é mais

Linhas de assunto e pré-headers devem ser certeiros e concisos.

Lembre-se de que sua mensagem estará entre muitas outras, e é fundamental que o leitor absorva todo o conteúdo da linha de assunto + o pré-header somente numa passagem de olhos.

A tomada de decisão de abertura de um email acontece muito rapidamente. Por isso, seja breve.

Veja os tamanhos recomendados para o melhor aproveitamento no desktop e mobile:

  • Linhas de assunto não devem ultrapassar 50 caracteres.
  • Pré-headers devem ter, no máximo, 55 caracteres.

Use as linhas de assunto e pré-headers da maneira mais reduzida possível, como no exemplo abaixo.

ANTES: As melhores promoções de compra, venda e aluguel de imóveis | Encontre o apartamento dos seus sonhos.

DEPOIS: Encontre aqui seu novo lar | Promoções para compra, venda e aluguel.

Quanto mais concisos forem os textos, mais você garante que seu lead vai absorver o conteúdo por inteiro nos computadores e também nos celulares.

6. Cuidado com as promessas na caixa de entrada

Imagine alguém recebendo o email abaixo:

Linha de assunto: Curta músicas de graça durante 1 mês

Pré-header: Conheça nosso aplicativo e saia cantando por aí

E o conteúdo da mensagem diz que o leitor vai ter acesso ao aplicativo gratuitamente, desde que preencha um formulário fornecendo dados pessoais e que também se inscreva na newsletter da empresa.

A promessa do email não é mentira, porém, omite as reais condições para que a ação se concretize.

Nas estratégias digitais, é preciso manter a atenção para que o conteúdo não provoque frustração no público.

Uma vez com a reputação manchada, dificilmente você recupera seus leads, e conquistar novos fica praticamente impossível.

Da mesma forma acontece com os profissionais que trabalham com email marketing. É preciso estar atento à reputação dos remetentes das mensagens, que correm um alto risco de serem classificados como spam, se suas listas de emails não forem validadas.