Início » A importância do Cloud Data Protection para as empresas
Cloud data protection

A importância do Cloud Data Protection para as empresas

Cloud Data Protection — ou Proteção de Dados na Nuvem, em Português — é uma das tecnologias mais poderosas para se preservar a segurança da informação dentro das empresas.

O Cloud Data Protection é um sistema de proteção robusto porque favorece a implementação de diversas ferramentas de defesa contra ataques maliciosos. As empresas investem nessa tecnologia para evitar o pesadelo de roubo ou vazamento de dados.

O Brasil ficou em primeiro lugar do mundo como o país que mais sofre ataques de Ransomware, um tipo de cibercrime que sequestra os dados das empresas e exige resgate para devolver o acesso às informações. Os dados são do site Statista.com.

Como você pode ver, manter os dados seguros é fundamental, não somente para que as empresas possam agir em conformidade com a LGPD, mas também para evitar grandes prejuízos em seus negócios.

Antes de avançarmos nesse assunto, vamos entender porque a tecnologia de nuvem é tão importante para a segurança da informação.

O que é tecnologia de nuvem

A nuvem é um ambiente projetado para armazenar dados em grandes quantidades, serviços de rede, aplicativos de software e soluções de inteligência de negócios.

As tentativas de ataques cibernéticos na nuvem são detectadas com mais velocidade, através da atualização constante dos antivírus e outras ferramentas de defesa.

Além desse benefício, as empresas que investem na tecnologia de nuvem economizam com a redução de custos na instalação de hardwares e atualização de sistemas. Ou seja, a manutenção dos sistemas demanda menos tempo da equipe de TI, que pode se dedicar a outros ativos relevantes para a empresa.

As soluções da tecnologia de nuvem atendem aos seguintes modelos:

  • IaaS – infrastructure as a service — infraestrutura como serviço, em Português — Amazon Web Services e Google Compute Engine são alguns exemplos.
  • PaaS – plataform as a service — plataforma como serviço, em Português — Sales Force e Microsoft Azure são empresas desse segmento.
  • SaaS – software as a service — software como serviço, em Português — Google Workspace e SafetyMails são empresas que atuam nesse modelo.

Como podemos ver, a tecnologia de nuvem atende aos maiores segmentos de business digitais. Dessa forma, o sistema de segurança foi avançando até atingir o padrão ouro que conhecemos hoje: o Cloud Data Protection.

Como funciona o Cloud Data Protection

A Proteção de Dados na Nuvem é um serviço pago por assinatura, e as empresas contratadas para exercer a atividade possuem certificações como o ISO 27001, dedicado aos profissionais que atendem aos padrões técnicos de segurança da informação.

Os dados armazenados na nuvem ficam protegidos pelas seguintes tecnologias:

  • Criptografia durante as transferências e arquivamento das informações.
  • Observação de movimentos internos, com a intenção de identificar atividades suspeitas.
  • Autenticação dos usuários e controle de acesso.
  • Backups frequentes, dentre outras medidas preventivas de proteção.

Porque é importante investir no Cloud Data Protection

Em primeiro lugar, vamos lembrar da obrigação das empresas com a LGPD. Caso haja infração de algum princípio descrito na lei, a organização leva uma multa no valor de até 2% de seu faturamento, limitada a R$ 50 milhões por processo.

Somente esse motivo bastaria para investir recursos em tecnologia de segurança da informação, mas não é só isso.

Se sua empresa estiver com uma ferramenta desatualizada, por exemplo, está correndo o risco de ter seus os dados roubados. Lembra do cibercrime de Ransomware, que falamos no início do artigo? Esse é apenas um dos prejuízos que podem ocorrer.

E os prejuízos não se estendem somente às questões financeiras. O vazamento de dados atinge a reputação das empresas, que ficam rotuladas como não confiáveis pelos consumidores, distribuidores e parceiros de negócios.

E uma vez perdida a reputação, perde-se também a capacidade de gerar leads, e os negócios vão por água abaixo.

A SafetyMails é uma startup especialista em manter a reputação dos profissionais de email marketing junto aos provedores de email.

Listas de emails com apenas 3% bounces são classificadas como spammers. A verificação de emails higieniza as listas e retira os bounces, conferindo ao remetente a credibilidade necessária para que as mensagens sejam entregues na caixa de entrada dos destinatários.

Em resumo, as campanhas de email marketing com listas verificadas pela SafetyMails atingem o máximo aproveitamento do ROI.

Abra sua conta gratuitamente e proteja a credibilidade do seu email marketing!

Conclusão

Os sistemas criados para cometer crimes avançam tanto quanto a tecnologia de proteção. Por isso, é necessário que profissionais e empresas mantenham-se atentos à evolução dos sistemas de proteção de dados.

O Cloud Data Protection possibilita o desenvolvimento de estratégias em um ambiente seguro, e por isso, é essencial para as companhias que desejam se manter atualizadas na segurança e privacidade de suas próprias informações, de seus clientes, fornecedores e parceiros.

Não basta estar em conformidade com a LGPD. É preciso observar o que o mercado oferece como solução tecnológica para a segurança da informação. Afinal, dados valem ouro tanto para os criminosos, quanto para as empresas.

FAQ

O que é Ransomware?

Ransomware é um tipo de golpe (um cibercrime) que sequestra os dados de grandes organizações e pede resgate para devolver o acesso. Ocorre por causa de falhas no sistema de segurança da informação das organizações.

O que é tecnologia de nuvem e para que serve?

A tecnologia de nuvem oferece um local amplo e seguro para armazenamento de dados, desenvolvimento de aplicativos, serviços de rede para a troca de informações e sistemas de inteligência de negócios. O modelo de nuvem atende aos principais segmentos de business digitais: IaaS, PaaS e SaaS.

O que é Cloud Data Protection e como ele trabalha?

O Cloud Data Protection é um serviço de assinatura realizado por empresas especializadas em segurança da informação no ambiente de nuvem. Os dados ficam protegidos por diversas tecnologias, como criptografia, backups frequentes, autenticação de usuários, dentre outras medidas preventivas.

Quais são os prejuízos de uma empresa que tem seus dados roubados?

O prejuízos vão além da exposição a cibercrimes como o Phishing e Ransomware. A empresa que tem seus dados violados fica com a reputação manchada junto a todos os seu públicos, e isso provoca a queda nos negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.