Home » Entendendo as Blacklist e como elas impactam seu Marketing
Black list

Entendendo as Blacklist e como elas impactam seu Marketing

Blacklist é o resultado de uma lista de emails não verificada.

Emails inválidos representam um grande perigo para as suas vendas.

Afinal, quem recebe a denominação de spammer obtém uma reputação ruim junto aos provedores de email, que por sua vez, podem bloquear as campanhas de email marketing.

Como consequência, ocorre a inclusão do remetente dos emails em uma blacklist.

A repercussão de uma blacklist é tão negativa que atinge a entregabilidade, as taxas de abertura, bem como os custos por leads e ROI do email marketing.

Estes são os temas do webinar promovido pela SafetyMails. Em uma hora de duração, você vai entender como isso acontece.

ASSISTA GRÁTIS AQUI

De fato, aqueles que querem usar o email como ferramenta de marketing acabam dando mais importância ao layout.

Isso provoca a distração de tudo aquilo que pode levar a mensagem a ser classificada como spam.

Em qualquer evento, as perguntas se repetem: o que fazer para não ser bloqueado?

Como não cair na caixa de spam e, consequentemente, acabar em uma blacklist?

E tem gente que acha que evitar blacklist é uma funcionalidade das ferramentas de disparo. Não é.

Antes de mais nada, é preciso saber que trocar de ferramenta não retira os emails inválidos, descartáveis, bounces e spamtraps da sua lista.

Entenda a seguir os motivos que levam um remetente a ser classificado como spammer e, por consequência, ter seu nome incluído em uma blacklist.

Caixa de spam: porta de entrada para uma blacklist

Muitas coisas acontecem por trás do botão de “enviar”.

Existem dezenas de verificações realizadas pelos provedores de email, que definirão o que é e o que não é spam.

E é isso que vai afetar o seu Custo por Lead, sua Entregabilidade, suas Taxas de Abertura, seus Vendas e, consequentemente, o seu ROI.

Ser classificado como spammer pelo provedor de email significa receber um selo de descrédito, sinalizando que o remetente daquela mensagem não é confiável.

Além disso, se o remetente insistir em não cumprir boas práticas de envio de emails, o provedor lança o nome do proprietário da lista em uma blacklist.

E aí, as coisas se complicam de vez. A relação entre spam e blacklist se retroalimenta. 

Os provedores de email consultam a blacklist para saber a reputação do remetente. Se este estiver inserido na lista negra, é automaticamente incluído no filtro antispam do provedor.

Ou seja, quem está na blacklist é bloqueado antes mesmo da mensagem chegar ao provedor de email!

Para ficar bem longe da caixa de spam e da blacklist, é preciso garantir a verificação de emails, acima de tudo.

Quer saber como isso tudo acontece na íntegra e como evitar esses problemas (e otimizar os seus resultados)? Vem com a gente nesse webinar!

Duração do webinar: 1h
Idioma: Português

Inscreva-se no webinar sobre blacklist

Guia Definitivo de Métricas do E-mail Marketing Gratuito

9 dicas pra seu e-mail marketing rodar redondinho e ter mais engajamento

Qualidade das bases de e-mails no Brasil 2017